Assistência ao cliente tem prioridade!

A Heidelberg respondeu o mais rápido possível às difíceis condições causadas pela crise global provocada pelo coronavírus. Garantir o suporte técnico, a todos os clientes da área comercial, embalagem e etiquetas, foi sem sombra de dúvidas uma das suas prioridades. “Especialmente nestes tempos difíceis, os nossas interfaces digitais utilizados pelos nossos clientes, em todo o mundo, estão a provar o seu valor ao ajudar os nossos clientes nas suas operações diárias”, explica Rainer Hundsdörfer, CEO da Heidelberg.




 

Cerca de 85% das vendas da Heidelberg são geradas no estrangeiro, apoiando os seus clientes localmente da melhor forma possível, com a sua rede de assistência e vendas existente em cada país, quer através de agentes quer directamente.  

“Nestes tempos de pandemia de coronavírus, a nossa principal prioridade é a saúde e a segurança dos nossos funcionários e clientes. Em termos de serviço, por exemplo, confiamos ainda mais no nosso já testado e comprovado Serviço Remoto e no Heidelberg Assistant, tentando fazer tudo o que pudermos fazer via telefone ou videoconferência, bem como fornecer informações através dos bancos de dados dos nossos clientes ”, continua Hundsdörfer.
 
Por exemplo, recentemente, na Alemanha, foi vendida a primeira máquina de impressão Speedmaster por videoconferência.

O fornecimento de peças originais e consumíveis será, também, garantido durante a pandemia de coronavírus. Além disso, todas as instalações ou serviços técnicos necessários no local são fornecidos com o devido respeito às precauções de saúde, na medida em que a situação actual permitir, e sempre de comum acordo com o cliente e as condições locais prevalecentes.

O World Logistics Center, em Wiesloch-Walldorf, possui cerca de 100.000 peças em stock, o que significa que mais de 96% das peças encomendadas estão disponíveis quando o pedido é recebido. Os clientes beneficiam de modelos de negócios digitais, como as subscrições.

Com o Prinect Production Manager, por exemplo, somente o consumo real de TIFF por m2 é cobrado, o que significa que se tiver poucos trabalhos, também irá pagar menos. Em casos especiais, a Heidelberg concede condições de pagamento estendidas para contratos de manutenção. "Valorizamos muito os nossos clientes e, como parceiros, estamos convencidos de que optimizaremos sempre o tempo que estivemos juntos", enfatiza Hundsdörfer.
 

Produção na China arrancou novamente

Na China, actualmente o maior mercado da Heidelberg, a empresa tem produção em Xangai. Foi o primeiro mercado a ser afectado pelo surto da pandemia do coronavírus. No entanto, a situação parece estar, gradualmente a diminuir . Agora, a produção voltou ao nível pré-crise e todos os funcionários estão de volta ao trabalho. Desde o final de fevereiro, todos os funcionários de vendas também estão de volta à acção, fornecendo suporte aos clientes, se possível pessoalmente ou por telefone.

 

Saúde e segurança são fundamentais

A principal prioridade da Heidelberg é a saúde dos seus funcionários em todos os locais. Os regulamentos sobre segurança e higiene são rigorosamente cumpridos. A Masterwork MK, parceira e maior acionista individual da Heidelberg, fundou a MK healthy Co., Ltd. no final de fevereiro e iniciou a produção de máscaras médicas descartáveis, incluindo toda a cadeia de fornecimento. Até a presente data, o MK Group forneceu 35.000 máscaras médicas para o Heidelberg Group, e outras 40.000 seguirão em breve, principalmente para o uso das equipas técnicas nas assistências em casa dos clientes.

Copyright © Grafopel 2015 - Designed by Fullscreen.